PLÁSTICA DE PESCOÇO

Uma das regiões de maior procura por melhora quando se trata de rejuvenescimento facial é o pescoço. Um pescoço jovial tem algumas características importantes, entre elas um ângulo entre a mandíbula e o pescoço bem definido, um volume proporcional e um queixo bem delineado.


Atingir todos estes objetivos em uma cirurgia normalmente requer um tratamento de várias estruturas do pescoço sendo as principais a gordura, as musculaturas superficial e profunda e mesmo as glândulas salivares submandibulares.


A cirurgia do pescoço pode ser realizada isoladamente ou no conjunto de um lifting facial completo, dependendo do grau de flacidez e de envelhecimento de outras áreas do rosto.


REDE HEMOSTÁTICA

A cirurgia plástica da face e do pescoço é realizada através de um descolamento amplo da pele. A rede hemostática é uma tática cirúrgica em que se aplicam pequenos pontos na pele para fechar este espaço descolado. Com isto ganha-se uma melhor acomodação da pele além de prevenir-se a ocorrência de sangramentos pós-operatórios.


Esta tática foi originalmente publicada em 2 artigos científicos após passarem pela análise criteriosa de painel independente de revisores (link para os trabalhos da rede na Revista Brasileira de Cirurgia Plástica e Aesthetic Plastic Surgery). Uma atualização desta tática foi publicada recentemente em uma das mais conceituadas revistas científicas de cirurgia plástica no mundo, a Aesthetic Surgery Journal (acesse o resumo do artigo aqui).


Atualmente, vários cirurgiões do Brasil e do exterior a utilizam rotineiramente.